Faz o que eu faço...

Nos ultimos anos tenho estudado muito sobre liderança e apesar de existirem diferentes abordagens há dois factores comuns a todas elas:

1 - Lidera por exemplo.
Se queres pessoas apaixonadas, mostra-te apaixonada.
Se queres pessoas empenhadas, empanha-te ao máximo.
Se queres pessoas que tragam soluções, não apresentes desculpas.
Se queres pessoas que assumam responsabilidades, sê o primeiro a fazê-lo.

2 - O Líder é um servidor.
Na actual forma de funcionamento de mercado, as empresas que estão a ter sucesso encaram-se como servidores dos consumidores. As empresas estão no mercado para servir as suas necessidades, os seus desejos, os seus anseios, etc...
A empresa só o consegue fazer se todos na organização tiverem essa filosofia e ela começa por o líder se focar em servir os seus colaboradores. Em servir as suas necessidades, em descobrir quais as suas motivações, em proporcionar as melhores consições para que ele faça o seu trabalho, em o inspirar a ser mais do que o que pensa que pode ser, a chegar mais longe, mais rápido, mais forte...

E agora vem a pergunta para 1 milhão de euros:
"Como é que eu sei se estou a ser esse líder? Como é que eu sei se estou a ser um exemplo e servidor?"

A resposta já devem ter adivinhado: "Olha para a tua equipa... Ela é o reflexo directo de ti enquanto líder! Se estiver motivada, és motivador; se for empenhada, és empenhado; se for servidora; és servidor!"

Simples (e nem sempre fácil), não é?

2 comentários:

AlFaS disse...

gostei!

pois servir não é ser servo!

Deus serve todos, mas não é servo de ninguem


abraço

Ricardo Peixe disse...

Isso mesmo!! :)