Desafio de 7 DIAS

Hoje estava a dar uma sessão de coaching quando me recordei de uma ferramenta do Tony Robbins que teve um impacto brutal na minha vida e que recomendo a todos os que queiram mudar de uma forma rápida e duradoura os seus dias.

Dá uma perspectiva muito diferente ao que fazemos e é muito simples de aplicar. Nos relacionamentos, no trabalho, na forma como interagimos com os outros e connosco próprios é mesmo eficaz!

Funciona assim:

O objectivo é que durante 7 dias consecutivos não tenhamos um pensamento negativo.

O meu primeiro pensamento foi “Porrraa! Nem um???” J

De facto o que o Tony explica é que o objectivo é mesmo não ter nenhum pensamento negativo e se por acaso aparecer algum, guardá-lo sem o verbalizar e de imediato pensar num significado positivo para o que está acontecer (mesmo que pareça “mentira”).

Se o verbalizarmos, então de imediato retirar o que dissemos e verbalizar o significado positivo.

Se não o conseguirmos fazer de imediato… começamos de novo os 7 dias…

Normalmente os primeiros dois dias são de (re)inicio constante e depois entra no eixo novamente até ao 6 dia… aí vai acontecer algo que vai testar a nossa perseverança em nos mantermos neste registo.

Este exercício vai criar novas ligações nosso cérebro e preparar-nos para conseguirmos relativizar e dar novos significados ao que acontece… é um abrir da mente, das possibilidades, de uma nova maneira de encarar o mundo! É pensamento inteligente, olhar para o que é como é e não pior.

Divirtam-se…

10 comentários:

Cláudia disse...

huuum....onde é que eu já ouvi isto??*
=P*
foi mm mt fixe...obrigada pela "paxorra"...ehehe*
bjinho* cLaudia

Ricardo Rebelo disse...

Boas Ricardo!

Peço desculpa por discordar mas não acredito que seja possível estar uma hora sequer sem um pensamento negativo! A ideia de que nos podemos forçar a ter só pensamentos positivos é... bem, só uma ideia... Os pensamentos estão lá quer queiramos, quer não.

Penso que outra abordagem é tratar os pensamentos como comboios. Se estiveres numa estação à espera de um comboio para Lisboa e por acaso parar antes um para Braga, entras? Provavelmente não...

A minha sugestão é olhar para todos os pensamentos que a mente dispara e escolher quais o que embarcamos ou quais os que deixamos partir.

Talvez até ver se existe algo positivo por trás do pensamento negativo. Muitas vezes até há e nesse caso ainda bem que veio!

No final, olhar para todos e escolher quais aqueles em que "embarcamos".

Falaste da tua experiência pessoal. A minha foi que quando tentei fazer isso foi como tentar fazer dieta. Quanto mais pensava em não comer, mais pensava em comida ;)

Mas é só uma opinião...

Grande abraço,

RR

Kohinoor disse...

Ainda bem que isso teve impacto. No meu caso não teve muito resultado... fez mais efeito o desafio da qualidade das perguntas.
Obrigado por recordares o Robbins, é um life changer sem dúvida. :)

anasonia disse...

Eu prometo que vou tentar, apesar de achar que é dificil.... mas com resultados desses quem sou para não experimentar?

Vou tentar e tomei a liberdade de publicar no meu blog para os meus seguidores e amigos me acompanharem!

Obrigada!

http://criarnovospensamentos.blogspot.com/

Ricardo Peixe disse...

Antes de mais obrigado por comentarem e partilharem as vossas ideias e experiências!
Este espaço serve isso mesmo, serve todos e é para todos poderem buscar mais e melhor na vida!

Quanto às vossas questões, posso falar da minha experiência e dos que me rodeiam, pois para falar da vossa teria de a ter...

Tal como o Tony diz, é obvio que os pensamentos vão aparecer e é obvio que mesmo depois dos 7 dias eles vão continuar a vir, sendo que o objectivo principal é criarmos neuro-associações que permitam que esses pensamentos se tornam muito mais escassos e quando eles surgem nos permitam rapidamente ter programações que os transformem em aprendizagens!

O facto de não os partilharmos ou expressarmos permite que essa energia não se desenvolva em nós e não se espalhe para os outros! Seguindo a lógica do pensamento inteligente, haverá alturas em que vamos apercebermo-nos que as coisas não estão a correr como desejamos, que nos afastamos dos objectivos e naturalmente é MUITO BOM proxurar ajuda para encarrilar-mos novamente. Esta partilha e procura de ajuda e soluções é uma emoção e pensamento muito diferente do queixar...

Mais uma vez obrigado por me fazerem ver que não fui suficientemente claro e que há vários métodos que resultam...
Se resulta, OPTIMO!!

Ricardo Rebelo disse...

Agora compreendi melhor a mensagem. Obrigado!

E penso que isso que disseste no fim é o essencial!

Se funciona, óptimo! :)

Abraço,

RR

Ricardo Peixe disse...

Abraço Ricardo e obrigado pela partilha e constante focus na evolução!

AlFaS disse...

Este deve ter sido o melhor post teu que já li, está muito bom mesmo, é uma excelente ideia, vou comecar agora a esperimentar ;) abraço

Ricardo Peixe disse...

Muito obrigado mesmo!!

Boa sorte e grande abraço!

Francisco Monteiro disse...

Boas Peixe,

sem duvida vou tentar... depois digo-te algo :)

Um Grande ABRAÇO, e é um prazer ver-te novamente

Francisco Monteiro